Chá de Hibisco - Confira os benefícios do seu consumo para a saúde

publicado em:1/11/14 6:30 PM Plantas

A moda dos chás aponta uma nova tendência: o chá de hibisco. Atualmente, a planta que origina a bebida vem sendo utilizada como coadjuvante no tratamento da obesidade e na modulação do equilíbrio orgânico, pois é rica em flavonoides, da mesma maneira que o suco de uva, o vinho e o chá verde.

Benefícios

A nutricionista Fernanda Granja diz que os benefícios do hibisco são inúmeros. A planta possui poderosos antioxidantes – antocianinas e as catequinas – que auxiliam no combate aos radicais livres, diminuindo a ação inflamatória de doenças do coração e envelhecimento da pele. Além disso, é rica em ácido ascórbico, a vitamina C.
Mas, segundo a nutricionista Fernanda Granja, o chá de hibisco não se limita a só isso. “Estudos comprovam que a planta Hibiscus sabdariffa possui propriedades antiespasmódicas, digestivas, pode ser usado como laxante suave, corante, aromatizante e calmante”, explica. Pode ser usada também para acelerar o metabolismo, diminuir a glicose no sangue e reduzir o colesterol.
O chá contém polissacarídeos em boas quantidades, açúcares redutores, como a glicose e a frutose, além de ser rico em cálcio, magnésio, niacina, riboflavina, ferro e vitamina A, ácidos como o tartárico, succínico, málico, oxálico, cítrico e hibíscico, além de quantidade significativa de fibras alimentares.
Além disso, a erva também é apontada como diurética e atua na diminuição de retenção de líquido, ajudando a enxugar as medidas corporais. “Estudos nos mostram que o hibisco teve ação benéfica na diminuição de gordura circulante no sangue e no fígado. Isso pode ter acontecido pela ação dos antioxidantes, pois elimina toxinas e substâncias que também favorecem o acúmulo de líquido no organismo”, sinaliza Fernanda.
Apesar de não existirem pesquisas científicas que comprovem que o chá de hibisco tem quantidade menor de cafeína se comparado a outros chás, Fernanda diz que a prática clínica evidencializa que o componente é mesmo reduzido. Ou seja, o chá de hibisco não tem tanta cafeína quanto o chá verde e chá branco, por exemplo. “Isso é benéfico, pois se pode fazer mais uso do chá de hibisco, tendo possibilidade de se ter mais antioxidantes e propriedades diuréticas”, assegura a especialista. E ainda dá para tomar uma xícara antes de dormir sem que isso interfira no sono.

Preparo

Para prepará-lo sem errar, Fernanda Granja dá a receita. “Coloque a erva seca ou fresca na xícara. Derrame a água quente sobre a erva e nunca o contrário! Assim conseguimos extrair todos os princípios ativos da planta. Abafe por cinco minutos e só”. A nutricionista alerta para o tempo excessivo de infusão. “Cinco minutos é o suficiente para extração dos últimos ativos da planta. Se deixar por mais tempo pode ficar amargo por causa dos taninos e não há necessidade”, aconselha. Você deve estar se perguntando: e as medidas? Então, vamos a elas. “A minha receita ideal é duas colheres de chá da erva para cada 500 ml ou duas colheres de sopa para cada litro”, ensina Fernanda. O preparado dura 12 horas e pode ser consumido quente ou gelado. “O que não pode é esquentar o chá de novo”, diz a especialista.
Mas somente uma xícara de chá não vai te fazer linda e saudável. Para que todos os benefícios sejam absorvidos, a nutricionista diz que a quantidade diária indicada deve ficar entre 500 ml e um litro. “E essa medida deve ser fracionada para que os antioxidantes atuem várias vezes ao dia”, aconselha. Isso ajuda a potencializar os efeitos já que, como explica Fernanda, antioxidantes tem vida curta, por isso precisamos deles o dia todo.
Como qualquer coisa que a gente ingere, o chá de hibisco possui contraindicações. “Se a pessoa for sensível a qualquer estímulo da cafeína, deve tomar cuidado”, alerta Fernanda. Outro grupo que precisa ter cautela é o das pessoas com pressão baixa pois o chá ajuda a diminuir a viscosidade do sangue, reduzindo ainda mais a pressão. Portadores de doenças cardíacas graves também não devem fazer uso da bebida para nenhum fim.
Se os seus olhinhos brilharam ao ler os benefícios relativos à perda de peso, um aviso: a bebida não é milagrosa e deve estar sempre acompanhada de uma dieta balanceada. “Quem pretende perder peso somente com o chá não vai conseguir, é preciso investir em alimentos livres de gordura e ainda complementar com uma boa série de exercícios”, finaliza Fernanda.

fonte:http://br.mulher.yahoo.com/ch-hibisco-nova-aposta-para-enxugar-medidas-143100366.html
Por Carolina Mouta | Yahoo! Contributor Network



A última modificação foi feita em:março 8th, 2017 as 16:57


Post Tags

Comentários



Font Resize