Os benefícios da semente de Chia na dieta

chia

Chia

As sementes de chia possuem cerca de um terço de proteínas, um terço de fibra solúvel dietética e o restante de óleo essencial, que por sua vez possui concentração de dois terços de ácido graxo ômega-3. A semente também é rica antioxidantes e aminoácidos, além de não conter glúten.

Benefícios das sementes de chia

As serem embebidas em água por alguns minutos, as sementes de chia formam um gel rico em fibras solúveis que absorvem grande quantidade de líquidos, permitindo que o corpo se mantenha hidratado por mais tempo, o que também facilita a prática de exercícios físicos de maior intensidade e duração. No estômago, misturadas com suco gástrico, as sementes de chia se tornam gelatinosas, criando uma barreira entre as enzimas digestivas e carboidratos, que são absorvidos mais lentamente.

A semente de chia absorve mais de nove vezes seu peso em água, retarda a digestão e a liberação de açúcares no organismo, além de proporcionar uma prolongada sensação de saciedade. Consumida no café da manhã ou antes das refeições, a chia pode reduzir a vontade de comer açúcares, o que a torna ideal em dietas para perda de peso. Além de misturada em água, a chia também pode ser embebida em outras líquidos saudáveis, incluindo sucos naturais.

Muitos praticantes de corridas de longa distância em algumas partes do mundo consomem a chia regularmente, vez que ela aumenta a resistência muscular, inclusive na prevenção e recuperação de lesões, e aumenta o condicionamento físico. O gel das sementes da chia cria uma barreira entre as enzimas e os hidratos de carbono que permitem converter carboidratos em açúcar lentamente, e dá o impulso da energia por um longo período de tempo, ajudando a amentar a resistência do corredor ou de qualquer outro praticante de atividades físicas.

As sementes de chia são ricas em ácidos graxos ômega-3, ferro, magnésio e outras vitaminas e minerais, como o cálcio, que fortalece os ossos e beneficia toda a estrutura óssea, vez que também contém boro, que promove a melhor absorção de cálcio pelo organismo. A chia também é muito útil na perda de peso, vez que a mesma dá uma maior sensação de saciedade e nutrição ao corpo.

Curiosidades

A chia é nativa do sudoeste dos Estados Unidos e América Central, sendo encontrada principalmente no México, onde foi muito valorizada como fonte de alimento pelos Astecas.

Fonte: Plantas Medicinais

Extrato da folha de Sucupira é um excelente remédio para reumatismo.

sucupira

A sucupira-branca (Pterodon pubescens Benth) é uma árvore nativa do Brasil, distribuída pela região central (principalmente nos estados de São Paulo, Goías e Minas Gerais). As sementes de sucupira são usadas na medicina popular em forma de chá e em infusões de vinho para tratar doenças reumáticas e inflamatórias, como a artrite e o reumatismo, beneficiando a saúde das articulações.

Benefícios do extrato de sucupira

Um estudo experimental com o extrato de sucupira (Pteridon pubescens) demonstrou cientificamente que os efeitos relatados decorrentes do uso da sucupira-branca podem significar o isolamento de novos compostos para o tratamento da artrite reumatoide e outras doenças inflamatórias crônicas e autoimunes. Estudos toxicológicos do extrato etanólico (óleo) das sementes de sucupira não demonstraram mutagenicidade ou toxicidade na planta.

A artrite reumatoide é uma doença autoimune crônica onde o sistema imunológico também ataca os tecidos do próprio corpo, especificamente a membrana sinovial, uma fina película que reveste as articulações. Apesar da eficácia dos medicamentos imunossupressores, ainda é importante a pesquisa de novas alternativas e estratégias anti-reumáticas, com o objetivo de evitar os efeitos colaterais do tratamento tradicional, que em algumas pessoas, leva a interrupção do tratamento.

O efeito anti-artrítico do extrato hidroalcoólico das sementes de sucupira-branca foi demonstrado experimentalmente utilizando a artrite induzida por colágeno (CIA). Sub-efeitos tóxicos agudos não foram observados em análises em ratos. Outras análises demonstraram efeitos anti-inflamatórios e antinociceptivos (capacidade de perceber a dor) do extrato etanólico das sementes.¹

A ação anti-inflamatória e antioxidante da sucupira

Outro estudo, também realizado com cobaias, concluiu que o extrato de sucupira bruto foi efetivo contra o estresse oxidativo e nitrosativo induzido pelo exercício físico agudo. O extrato de sucupira aboliu a maioria dos processos oxidativos, proporcionando assim um a ação antioxidante e anti-inflamatória contra o exercício agudo.

Apesar do papel bem documentado de proteção de substâncias vegetais antioxidantes e sua capacidade de proteger contra os efeitos nocivos da oxidação, a maioria dos estudos tem analisado o efeito antioxidante de apenas uma classe de compostos ou de um composto isolado, principalmente in vitro. Este estudo demonstrou que o extrato de sucupira possui ação anti-inflamatória e antioxidante após a realização de exercícios, o que pode confirmar os efeitos do extrato de sucupira para o tratamento de artrite, reumatismo, osteoartrite e inibição da dor.²

Referências:
¹ Sabino, 2008. Suppression of T and B Cell responses by Pterodon pubescens seeds ethanolic extract. Pak. J. Biol. Sci. Ref.
² Protective action of a hexane crude extract of Pterodon emarginatus fruits against oxidative and nitrosative stress induced by acute exercise in rats.

Suco de limão com chia, um super antioxidante

limão com chia
O suco de limão quando misturado com chia torna-se uma bebida ainda mais rica e refrescante. Ele contém compostos potentes que ajudam a beneficiar o organismo e tem uma grande percentagem de antioxidantes purificando o corpo e também facilita na perda de peso.
Hoje podemos encontrar sementes de chia facilmente no comércio, uma vez que elas já são bem conhecidas por muitas pessoas, especialmente por aquelas preocupadas com o bem-estar.
As sementes de chia são uma das maiores fontes de ácidos graxos, como o ômega 3, importantíssimo para o cérebro e o coração.
Os ácidos graxos são necessários para a absorção das vitaminas lipossolúveis A, D, E e K e da atividade glandular normal, especialmente para as suprarrenais e a glândula tireoide.
Eles também nutrem a pele e são essenciais para deixar saudáveis mucosas e nervos, bem como para o funcionamento normal do sistema reprodutivo.
Também podem ser importantes na redução de depósitos de colesterol.
A camada externa da semente é rica em fibras solúveis e mucilagem.
As fibras insolúveis eliminam toxinas das paredes do cólon.
A chia contém cinco vezes mais cálcio do que o leite; três vezes mais ferro que o espinafre; quinze vezes mais magnésio que os brócolis; duas vezes mais potássio que a banana; três vezes mais antioxidantes que o mirtilo.
É também rica em manganês e boro (que também é fundamental para os ossos).
O limão é um poderoso alcalinizante, ou seja, alcaliniza e regula o pH do sangue
Muita gente não entende isso porque se prende ao sabor ácido do limão.
É que o limão é uma espécie de pegadinha da natureza.
É ácido no sabor, mas alcalino quando absorvido pelo corpo.
Para resumir, podemos dizer que os principais benefícios do suco de limão com chia são estes:
– É rico em fibras e vitamina C
– Melhora a circulação e proporciona mais energia
– Combate radicais livres e impede o envelhecimento precoce
– Ajuda a proteger a pele de raios UV e poluição
– Proporciona elasticidade e firmeza à pele
– Desintoxica o corpo
– Ajuda na digestão
COMO PREPARAR
É simples.
coloque 1 colher (sopa) de chia chia em 1 copo d’água (200 mL).
Mexa e deixar repousar por 5 minutos.
Novamente mexa e deixe repousar agora por 10 minutos.
Passadas essas etapas, esprema 1 limão sobre o copo com chia e água.
Mexa e consuma imediatamente.
Tome a bebida em jejum ou 2 horas antes das refeições ou 2 horas depois delas.

Água de canela ajuda a emagrecer e é ótima contra diabetes e colesterol

A água de canela é uma bebida muito fácil de preparar e com grandes benefícios à saúde.

Ela tem cinco fortes indicações:

1ª Normalizar o colesterol

2ª Controlar a glicose e, assim, combater o diabetes

3ª Acelerar o metabolismo, favorecendo a perda de peso

4ª Regularizar a menstruação

5ª Melhorar a digestão

Mas o consumo regular dessa bebida pode proporcionar muitos mais benefícios ao corpo.

De acordo com pesquisa da universidade do Texas, a canela é uma promessa para várias doenças neurodegenerativas, incluindo doença de Alzheimer, doença de Parkinson, esclerose múltipla, tumor cerebral e meningite.

A pesquisa mostrou que a canela reduz a inflamação crônica associada a esses distúrbios neurológicos.

Nas mulheres, ajuda a combater a infertilidade, pois contém a substância cinamaldeído, que segundo estudos aumenta o hormônio progesterona e diminui a produção de testosterona em mulheres, ajudando a equilibrar os hormônios.

Publicação da revista americana Nutrition and Cancer mostra que a canela pode reduzir a proliferação de células cancerosas.

A canela tem se mostrado capaz de reduzir os sintomas relacionados com a dor de artrite.

A canela também tem demonstrado ser um bom remédio natural para eliminar dores de cabeça e aliviar a enxaqueca.

Em estudos, a canela mostrou-se eficaz contra úlcera, eliminando a bactéria H. pylori e outros patógenos.

E teste feitos em uma universidade na Alemanha, com 30 pessoas, chegou à conclusão de que as que ingeriram canela diariamente melhoraram a memória e a função cognitiva.

São muitas, portanto, as virtudes da canela.

E todas essas qualidades podem ser obtidas de uma forma muito saborosa: consumindo a refrescante água de canela.

Modo de Preparo

  • 1 colher (sopa) de canela em pó ou dois pedaços de canela em pau (mais ou menos do tamanho de um dedo indicador) 1 litro de água MODO DE PREPARO À noite, já perto de dormir, coloque 1 colher (sopa) de canela em pó ou dois pedaços de canela em pau dentro de 1 litro de água. Se usar canela em pó, fique atento, pois algumas marcas vendidas nos supermercados são misturadas com açúcar (leia o rótulo para saber se há açúcar ou se é canela pura). Haverá a necessidade de misturar bem os ingredientes (com o auxílio de uma colher de pau) se você usar canela em pó. Ponha a água na geladeira e, no outro dia, tome no mínimo dois copos dela. Se usou canela em pó, antes de consumir a água, agite sempre a jarra ou a garrafa onde ela está armazenada. –

 

Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/2015/05/agua-de-canela-ajuda-emagrecer-e-e.html

Benefícios de comer sementes de mamão

Sabemos que esta fruta oferece diversos benefícios para a saúde, mas você sabia que as sementes de mamão também são comestíveis e podem inclusive fazer bem ao nosso organismo?
Riquíssimo em vitaminas e minerais, o mamão se firmou ao longo dos anos como uma das frutas mais saudáveis que existem, mas durante todo esse tempo nós não estávamos aproveitando as vantagens que suas sementes têm a nos oferecer.
Neste artigo você saberá o que as sementes de mamão podem fazer pelo nosso organismo, e certamente nunca mais vai querer jogá-las fora como fazia antes.
Quais são os benefícios das sementes de mamão?
Combatem parasitas
As sementes são ricas em papaína, uma enzima proteolítica capaz de livrar nosso corpo da presença de parasitas. Ela ajuda a manter altos os níveis de enzimas digestivas na dieta, normalizando e fortalecendo o ambiente do trato gastrointestinal e tornando-o inóspito e menos propício à aparição e instalação de vermes e bactérias.
Outro componente importante das sementes é a carpaína, substância que comprovadamente pode matar vermes parasitas e amebas. Estudos demonstraram que beber uma batida de sementes de mamão por sete dias ajudou crianças infectadas na Nigéria a se livrar de parasitas em um 75%.
Desintoxicam o fígado
figado
As sementes de mamão contam com propriedades desintoxicantes que são especialmente benéficas para “limpar” o fígado. Comer uma pequena quantidade delas todos os dias pode ajudar não só a ter um fígado mais saudável, mas a tratar doenças como a cirrose.
Um remédio natural amplamente usado no tratamento desta doença é ingerir as sementes trituradas ou amassadas em um pilão, misturadas com uma colher de sopa de suco de limão fresco. A recomendação é fazer isso duas vezes ao dia, por um mês.
Lembre-se de consultar com seu médico sobre a ingestão das sementes, caso já estiver fazendo tratamento para a cirrose.
Protegem contra o câncer
A papaína presente nas sementes de mamão é capaz de dissolver a camada de proteínas que se forma em volta das células cancerígenas, ajudando o sistema imunológico a destruí-las com mais facilidade.
Elas também contêm antioxidantes que ajudam a combater o câncer, fortalecendo as enzimas protetoras e estimulando a atividade anti-metástase. Além disso, as sementes possuem um composto chamado benzil isotiocianato, capaz de inibir a formação e o desenvolvimento das células cancerígenas, sendo importante na luta contra vários tipos de câncer, como o de mama, pulmão, cólon, pâncreas, próstata e leucemia.
Melhoram a circulação sanguínea
truques-de-beleza-com-papaia
A fibrina é a substância presente nas sementes de mamão que ajuda a estimular a circulação sanguínea no organismo. Ela é capaz de reduzir o risco de formação de coágulos e melhorar a qualidade das células, contribuindo para manter um bom fluxo de sangue no sistema circulatório. Acredita-se que a fibrina também possa reduzir o risco de derrame.
Enzimas proteolíticas que contêm fibrina são especialmente úteis para pessoas que passam grande parte do dia sentadas, já que promovem a circulação nos membros inferiores e previnem a formação de coágulos. Elas também ajudam quem costuma passar muitas horas sentado em aviões. Dessa forma, quem tem problemas circulatórios pode se beneficiar muito adicionando estas poderosas sementes à dieta.
Possuem propriedades antibacterianas e antivirais
As substâncias e enzimas presentes nas sementes de mamão atuam como agentes virais que são capazes de tratar e curar diversos tipos de infecções. Elas são, por exemplo, comumente usadas na Costa Rica há anos no tratamento da dengue.
Além disso, estudos mostram que consumir sementes de mamão pode combater e matar bactérias famosas como a Escherichia coli, mais conhecida pela abreviação E. coli, estafilococos e salmonela. Elas também podem ser usadas como um tratamento eficaz para intoxicações alimentares.
Como consumir as sementes de mamão?
Depois de cortar o mamão pela metade, tire as sementes usando uma colher grande. Elas estão presas em uma substância gelatinosa que pode ser retirada passando-as em água corrente. Elas são um pouco amargas e possuem um sabor levemente apimentado.
As sementes podem ser consumidas puras, da forma como foram retiradas do mamão, ou adicionadas a molhos, saladas e sopas. Outra opção é fazer batidas misturando-as com outras frutas. Elas também podem substituir bem a pimenta do reino em qualquer prato.

 

Fonte: Show de Dicas

Chá de Borragem

borragem

Família: Borragináces

Uso medicinal: Emprega-se contra as inflamações dos rins e da bexiga, mas o seu uso principal é contra o reumatismo e a debilidade do coração.

Usa-se também como remédio contra resfriados.

Devido ao seu efeito sudorífico, essa planta também é empregada no sarampo e mesmo na escartina. Toma-se quente.

As folhas frescas, machucadas, aplicadas sobre os abcessos, inflamações, tumores, favorecem o processo de curo; aplicadas sobre queimaduras, acalmam a dor.

As cataplasmas de folhas de borragem, fervidas dão excelente resultado nos ataques de gota, acalmando ou fazendo desaparecer a dor em pouco tempo.

Na debilidade geral, um bom remédio é a borragem machucada, que se consome misturada ao mel.

As folhas tenras, frescas, misturadas com outras ervas, em saladas ou preparadas em ensopados, são um bom remédio para o fígado.

As sementes secas, moídas, misturadas na comida, ou tomadas com algum líquido, aumentam a secreção de leite em lactantes.

Parte usada: Folhas e sementes.

Dose: Normal.

Chá de Beldroega

Beldroega-1

Família: Portulacáceas.

Outro nome: Portulaca.

Uso medicinal: É uma boa planta para salada e ensopados.

A beldroega é um remédio eficaz nas afecções do fígado, bexiga e rins.

Dá bom resultado para escorbuto.

O cozimento desse vegetal é diurético e aumenta a secreção do leite.

O suco cura inflamações dos olhos.

As sementes combatem os vermes intestinais.

Os talos e folhas machucados, aplicados sobre queimaduras, aliviam a dor. Aplicados sobre feridas, facilitam a cicatrização.

Parte usada: Folhas com talos e sementes.

Dose: Suco, uma colher de sopa de hora em hora. Chá, 50 a 100 gramas para 1 litros de água; 4 a 5 xícaras por dia.

Chá de Badiana ou Anis Estrelado

anis-estrelado

Família: Magnoliáceas

Outros nomes: Anis estrelado, anis da sibéria, funcho da china.

Uso medicinal: É estimulante, estomacal e carminativa.

Usa-se para combater a atonia gastrointestinal, os catarros crônicos, as cólicas ventosas, a dispepsia flatulenta, as eructações, a hipocondria.

Parte usada: Folhas e sementes, por infusão.

Dose: Normal

Benefício do Chá de Anis (Erva Doce) para a saúde

anis

Anis ou Erva Doce

Família: Umbelíferas

Outro nome: Erva Doce

Uso medicinal: Combate os gases do estômago e intestinos e as cólicas do ventre. Favorece a ação digestiva.

Aumenta o leite das lactantes.

O azeite das sementes, com que se fricciona a cabeça, é bom para matar piolhos.

Com o azeite fricciona-se o ventre para acalmar as cólicas.

O anis também tem um bom resultado nas diarréias, especialmente das crianças.

Parte usada: sementes, por infusão.

Dose: 10 a 15 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.