Pesquisa mostra que chá de folhas de goiaba e pitanga reduz em 45% o tempo de cicatrização

Uma pesquisa realizada em Valinhos (SP) apontou que o uso do chá de folhas de goiaba e pitanga reduz em 45% o tempo de cicatrização de feridas. O produto fitoterápico é aplicado há um ano em pacientes atentidos pelo Serviço Especializado em Lesões Vasculares (Selven), do Sistema Único de Saúde (SUS), o período de tratamento caiu de 90 para 50 dias, em média.

A farmacêutica e pesquisadora Nilsa Sumie Yamashita Wadt iniciou os estudos com as folhas há dez anos e, desde 2016, realiza a pesquisa com pacientes na rede pública de saúde de Valinhos.

“São dois compostos principais nas folhas dessas plantas [goiaba e pitanga]. Os taninos, que servem como cicatrizantes e têm uma ação microbiana muito efetiva, e os flavonoides, que são anti-inflamatórios naturais”, explicou Nilsa.

Professora da Universidade Paulista (Unip), Nilsa destaca que a proposta é que os pacientes façam uso do chá em casa, em comunhão com o tratamento convencional.

De acordo com a pesquisadora, o chá deve ser feito com 10 folhas para cada litro de água. “Ferve durante dois minutos, desliga e deixa o chá esfriar. Daí o paciente faz o banho, direto ou sobre uma gaze, durante 30 minutos.”

“Os pacientes têm tido uma boa aceitação, pois estão vendo que as feridas estão fechando com uma certa rapidez”, explicou a enfermeira Fernanda Cavalini.

G1

Confira os 5 chás mais queridos e consumidos do Brasil

chás mais queridos

O chá é uma das bebidas mais apreciadas do mundo e o seu consumo no Brasil vem aumentando cada vez mais. Quentes ou gelados, consumidos por prazer ou como um remédio natural, os chás são aliados da boa saúde, pois hidratam e fornecem importantes nutrientes ao nosso organismo.

Os benefícios dos chás mais populares no Brasil

São vários os tipos de chás, mas algumas plantas são mais populares entre os brasileiros. Confira a seguir quais são os 5 chás mais tomados no nosso país e os seus respectivos benefícios:

Chá verde

O chá verde tornou-se popular graças ao seu poder de auxiliar no processo de emagrecimento, mas os seus benefícios vão muito além, sendo indicado como tratamento preventivo de curativo de vários males.

Consumir o chá verde regularmente protege o cérebro de doenças como o Mal de Alzheimer, auxilia no processo de digestão, combate as elevadas taxas do colesterol “ruim”, melhora a função cardíaca e acelera o metabolismo.

Chá de erva cidreira

O chá de erva cidreira é indicado para os indivíduos que possuem problemas para dormir, como insônia e má qualidade do sono, pois alivia as tensões e ajuda a relaxar mais. Esta bebida também é indicada aliviar dores de cabeça, combater gases e tosses, ajudar no processo de digestão e reduzir as cólicas do período menstrual.

Chá de hortelã

Além de ser bastante usada na culinária devido ao seu aroma refrescante, a hortelã também pode ser consumido na forma de chá. Este alivia cólicas menstruais e dores causadas por picadas de inseto, relaxa o intestino e atua contra alguns problemas estomacais.

Apesar dos seus benefícios, o consumo do chá de hortelã não deve ser frequente, pois pode causar alergias.

Chá de alecrim

Este chá é um bom remédio natural para gripes, além de combater a anemia e dores causadas por contusões. O chá de alecrim apresenta propriedades antioxidantes e pode prevenir o aparecimento de cáries (sem, é claro, substituir a escovação adequada e todos os cuidados com dentes).

Chá de camomila

O chá de camomila é bastante conhecido pelo seu efeito calmante e relaxante, sendo indicado para momentos de tensão e em casos de dores de cabeça. Esta bebida também é indicada para eliminar os inchaços na área dos olhos e prevenir doenças cardíacas.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o consumo regular deste chá age sobre os sintomas da tensão pré-menstrual, reduzindo a ansiedade e aliviando crises nervosas.

A folha de amora possui 22 vezes mais cálcio que o leite

folha de amora

Demorei para fazer essa postagem porque queria primeiramente me certificar de que minha melhora se deu mesmo por conta da inclusão desse chá no meu dia-a-dia. Agora, depois de três semanas tomando-o à toda hora (gelado), posso afirmar, sem nenhuma dúvida, de que ele realmente tem as propriedades que os japoneses relataram em seus estudos.
Eu estava atravessando um período de desânimo absoluto, faltava vontade para executar tarefas mínimas, e o pior era não ter mais aquela sensação natural de expectativa positiva, aquela esperança que brota em nosso íntimo quando temos um bom projeto e queremos colocá-lo em execução. Estava tão mal que, mesmo os meus projetos tendo sucesso e sendo elogiados, mesmo tudo dando certo e com a obtenção dos resultados, eu ainda estava mergulhada naquela falta de alegria, numa apatia tão grande que sequer conseguia desfrutar de minhas próprias realizações. A vida tinha se tornado um diário tanto faz.
Então, desmotivada e sem esperar por melhoria, eu fui pesquisar na internet sobre esses sintomas, e me deparei com um link que afirmava que a folha de amora possuía 22 vezes mais cálcio que o leite. Duvidei. Mas me interessei por dois motivos; um porque detesto leite, preciso de cálcio e não confio em cápsulas (tive péssima experiência com esses complexos vitamínicos caros, que chegaram a me causar paralisia temporária num dos braços), e segundo porque possuo um pé de amoras no quintal. Porque não experimentar?).
Fui até o quintal e peguei logo dez folhas, lavei, mergulhei na maior panela que tenho em casa, que cabe uns cinco litros de água, deixei ferver e esfriar, coloquei num jarro e deixei gelar, pois não gosto de bebidas quentes. Adocei e tomei. Logo de cara me surpreendi como o gosto e cheiro, que era muito bom, apesar de que, durante a fervura, ter exalado um cheiro de peixe, do tipo sardinhas, que empestou a casa e havia me deixado bem receosa do seu gosto.
Logo no primeiro dia me senti bem, no fim da tarde estava estranhamente disposta, e ao olhar a paisagem, achei que o dia estava lindo. Isso pode parecer um comentário exagerado, e com intenção de fazer graça, mas não é; eu literalmente não achava mais a beleza na paisagem, olhava para o mar, para as montanhas e, embora sabendo de sua beleza, sabia que havia perdido a capacidade de me deleitar com ela. Será que foi o chá?
À noite, outra surpresa; eu dormi. Literalmente apaguei sem o auxílio da TV, que sempre deixava ligada para me enfastiar e fazer adormecer. Eu dormi! E aí já acordei procurando pelo chá.
Faz três semanas hoje. Voltei a correr, a ir à praia, e o mais importante, recuperei aquela expectativa interna de que tudo posso modificar. Eu me reencontrei comigo mesma. Sério!
Posso afirmar sem medo que vocês sentirão algum efeito também. Talvez mais, talvez menos, mas certamente sentirão, porque isso ocorreu com mais pessoas da minha família, e todos estamos viciados no chá agora. Experimentem! E de preferência, plantem uma amoreira, mesmo que seja num vaso, ao invés de comprarem cápsulas. (depoimento anônimo)
A eficácia testada e aprovada do Chá de Amora se deu primeiramente pelo Ministério da Saúde do Japão, vindo a ser divulgado pelo Canal de Tv Japonesa NHK, após analisadas as amostras das folhas da Amora Miura, pôde-se se comprovar através de estudos que realmente ele tem efeitos poderosos para controle e prevenção sobre:
DIABETES: – Possui a DNJ, Inibidora da Taxa de Glicose com a liberação Natural de insulina;
RINS E FÍGADO: Melhora do funcionamento do Fígado e dos Rins, inibindo o acúmulo de gordura e colesterol nestes orgãos;
OSTEOPOROSE: Ele Possui 22 vezes mais cálcio que o leite, além de conter mais potássio, magnésio e ferro natural, proteína, fibra, zinco e levedura;
OBESIDADE: Inibi o acúmulo de gordura no corpo e aumenta o volume de gordura eliminada, inibindo principalmente o acúmulo de gordura nas vísceras, e evitando assim a obesidade;
CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA: Por meio de melhoria das taxas de colesterol e gorduras neutras no sangue;
HIPERTENSÃO: Efeito de normalização e de inibição de elevação arterial, por possuir o ácido y-aminobutírico (GABA) um hipotensor;
REGULADOR HORMONAL (MENOPAUSA): Regula os hormônios atuando com eficácia nos sintomas da menopausa;
IMUNIZAÇÃO AO CÂNCER: Segundo estudos e experiências as folhas da Amora tem propriedades que inibem o aparecimento/surgimento do Câncer;
REGULADOR DOS INTESTINOS: Por possuir grande quantidade de fibras alimentares, e outras propriedades facilitando o trânsito intestinal e melhora da prisão de ventre. Ainda diminui os bacilos nocivos sem afetar o benéficos, mantendo a flora intestinal em boas condições.

EFEITO BACTERICIDA: Estudos revelam que o Chá de Amora tem efeito de inibir a proliferação de fungos, bem como efeitos bactericida/anti inflamatórios;
CALVÍCIE: Além das propriedades apresentadas acima o Chá de Amora, auxilia o tratamento e prevenção à Calvície, revitalizando a circulação no couro cabeludo, rejuvenescendo os fios, inibindo progressivamente a queda dos cabelos.
Aqui a tradução juramentada da pesquisa realizada no Japão:
http://www.chadaamoramiura.com/traducao/…entada.pdf

fonte: http://www.aartedeamadurecer.com.br/folha-de-amora-possui-22-vezes-mais-calcio-que-o-leite/

 

Aloe Vera era considerada a planta da imortalidade pelos Egípcios. Veja o porque

aloe vera

Aloe Vera

Todos nós já ouvimos falar da Aloe Vera ou como é popularmente conhecida em alguns lugares (Babosa) e suas incríveis propriedades curativas. Podemos até planta-la em casa, para que possamos ter sempre disponível em caso de uma emergência. Mas você sabia que não se limita apenas ao uso tópico? É ainda muito mais benéfico para o nosso corpo internamente do que você possa imaginar!

Você pode ter experimentado o desagradável suco de Aloe Vera e ter pensado em nunca mais tomar. Bem, não julgue um livro pela capa. Esqueça as bebidas açucaradas que você está acostumado a comprar, dê uma chance para que o suco de Aloe Vera se torne mais comum na sua vida! Por quê? Há um grande número de razões importantes para incorporar-la em nossa vida diária. 

Número um, você pode desintoxicar o seu corpo naturalmente. Assim, bebendo o seu suco deve tornar-se um outro hábito saudável. Por mais de 6000 anos a Aloe Vera tem sido amplamente usada para tratar vários problemas de saúde. Os egípcios chamavam de “planta da imortalidade” por causa de suas diversas aplicações usada literalmente para tudo. Quando comecei a tomar suco pude perceber que realmente fez a diferença. Meu sistema imunológico nunca foi tão forte. Uma pesquisa publicada no “Journal of Environmental Science and Health”, observa que a aloe vera contém propriedades anti-bacterianas, anti-virais e anti-fúngicos que ajudam o sistema imunológico a limpar o corpo de toxinas e patógenos invasores. O suco de aloe vera é uma mistura de quase 70 ingredientes, que incluem: cerca de 20 minerais são encontrados na Aloe Vera incluindo: cálcio, magnésio, zinco, crómio, selénio, sódio, ferro, potássio, cobre e manganês. Estes minerais actuam em conjunto para aumentar a vias metabólicas das enzimas. Minerais como o zinco atua como antioxidantes em células do seu corpo e o aumento da atividade enzimática garante a desintoxicação de resíduos metabólicos. Aloe Vera contém enzimas, como a amilase e a lipase, que quando tomada por via oral ajuda a digestão por quebrar a gordura e açúcares. Uma enzima em particular, Bradykinase, ajuda a reduzir a inflamação excessiva. Suco de Aloe Vera tem 20 dos 22 aminoácidos necessários exigidos pelo corpo humano. Aloe Vera também contém ácido salicílico que combate inflamações e bactérias (como você sabe aspirina foi formada com base de ácido salicílico). 

Aloe Vera é uma das poucas plantas que contêm vitamina B12, que é necessária para a produção de células vermelhas do sangue. Contém muitos mais vitaminas, incluindo A, C, E, ácido fólico, colina, B1, B2, B3 (niacina) e B6. Vitaminas A, C e E proporcionam atividade antioxidante, que combatem os radicais livres. Vitaminas do grupo B são necessárias para o metabolismo de aminoácidos. Aloe polissacarídeos mucilaginosos (AMP) são moléculas de açúcar de cadeia longa composta de manose individual e moléculas de açúcar de glicose ligadas entre si. Cerca de 200 destes ingredientes AMP são encontrados na planta Aloé Vera. Eles são os únicos responsáveis ​​pela maior parte das propriedades curativas de Aloe Vera. Elas desempenham muitas funções-chave em seu corpo. Eles actuam como agentes anti-inflamatórios; tem um efeito anti-bacteriano e anti-virais; melhoram as funções do sistema imunológico, tais como a promoção do crescimento dos tecidos e melhorando o metabolismo celular. Aloe Vera também é um dos melhores limpadores do corpo. Purifica a matéria tóxica do estômago, rins, baço, bexiga, fígado, e é o produto de limpeza do cólon mais eficaz. 

Vários estudos têm demonstrado que o suco é calmante e tem propriedades para o alívio de indigestão, problemas de estômago e até mesmo úlceras. Beber suco vai ajudar seu corpo a aliviar a inflamação do tecido que muitas vezes provoca dores nas articulações e até mesmo artrite. Ela fortalece o sistema digestivo, pele e tem um grande efeito sobre a saúde em geral. Recomenda-se beber um copo cheio de suco, pelo menos, duas vezes por dia. O suco te ajuda a se livrar de quaisquer resíduos, a aloe vera é altamente desintoxicante.

Fonte: Sempre Questione

Confira 10 benefícios do Couve-Flor

couve-flor

A couve-flor é um vegetal da família das brassicáceas ou crucíferas, a mesma do brócolis. O vegetal merece estar sempre presente na dieta pois possui uma grande quantidade de nutrientes, como vitamina C, manganês, vitaminas B5, B6, folato (B9) e vitamina K. A couve-flor também tem substâncias antioxidantes e outros fitoquímicos.

O vegetal está entre os 20 melhores pontuados no Índice de Nutrientes Densidade Agregado (ANDI), que mede a vitamina, mineral e conteúdo fitonutriente em relação ao conteúdo calórico.  Isso significa que o alimento fornece uma grande quantidade de nutrientes para uma pequena quantidade de calorias. Versatilidade descreve a couve-flor, você pode comê-la crua em saladas, cozinhar, ou até mesmo fazer um purê com ela.

Ao escolher couve-flor fresca, procure uma que esteja firme, sem manchas amareladas ou amarronzadas, e que tenha folhas verdes anexadas ao caule. Guarde o vegetal inteiro com o caule para baixo na geladeira em um saco plásticoem um saco plástico que permita a ventilação para não acumular água . Desse modo, ela deve durar por cerca de cinco dias.

Os benefícios que a couve-flor oferece são a perda de peso, sensação de saciedade devido às suas fibras, prevenção contra o câncer, melhora no sistema digestivo, melhora da memória, entre outros. Confira abaixo, mais detalhadamente, dez de seus benefícios mais impressionantes:

1. Previne alguns tipos de câncer

A couve-flor contém antioxidantes que ajudam a prevenir mutações celulares e a reduzir o efeito dos radicais livres. Um deles é o indol-3-carbinol ou I3C, que é encontrado nos vegetais da família crucífera, e segundo diversos estudos, foi apontado como capaz de reduzir quatro tipos de câncer: de mama, endomentrial, cervical e de próstata.

Estudos recentes mostram que alimentos que contém o sulforafano, um composto de enxofre, são potenciais aliados contra o câncer, especialmente melanoma, câncer de esôfago, de próstata e pâncreas. A substância é o que dá aos vegetais crucíferos o sabor amargo e tem sido estudada com a função de matar células tronco cancerosas, atrasando assim o crescimento de tumores.

2. Melhora a saúde do coração

O sulforafano presente na couve-flor e em outros vegetais crucíferos também foi estudado como capaz de melhorar a saúde do coração. A substância tem capacidade de aumentar as defesas antioxidantes e as proteínas detoxificadoras intracelulares, assim protege os vasos sanguíneos e reduz os danos causados às células pelo excesso de açúcar. Um estudo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul pesquisou os efeitos do sulforafano no remodelamento cardíaco pós-infarto do miocárdio.

3. É anti-inflamatória

A couve-flor tem um grande número de nutrientes anti-inflamatórios. Eles atuam em nível celular, prevenindo as respostas inflamatórias desde o início. Ela atua na regulação do sistema imune e inflamação, diminuindo assim o risco de doenças relacionadas, como doença cardiovascular, diabetes, cancro, e obesidade.

4. É rica em vitaminas e minerais

Muitas vezes, com alimentações rápidas no dia a dia, não ingerimos a quantidade de nutrientes necessários, gerando uma carência que acaba sendo compensada com polivitamínicos. Comer regularmente couve-flor é uma maneira simples de obter esses nutrientes tão necessários para seu corpo. Por exemplo: uma porção de couve-flor contém 77% do valor diário recomendado de vitamina C. É também uma boa fonte de potássio, proteína, tiamina, riboflavina, niacina, magnésio, fósforo, fibras, vitamina B6, ácido fólico, ácido pantotênico e manganês.

5. Impulsiona sua saúde cerebral

A couve-flor é uma boa fonte de colina, uma vitamina, muito importante e versátil, conhecida pelo seu papel no desenvolvimento do cérebro. A ingestão de colina ajuda no sono, na aprendizagem e na memória. A  substância também ajuda a manter a estrutura das membranas celulares, auxilia na transmissão de impulsos nervosos e auxilia na absorção de gordura.

6. Ajuda na desintoxicação

Couve-flor ajuda a capacidade do seu corpo de se desintoxicar. Ela têm substâncias que ajudam o físico a excretar as toxinas. Contém glicosinatos e tiocinatos que aumentam a capacidade do fígado de neutralizar substâncias tóxicas, além de outras enzimas que ajudam na desintoxicação como a redutase quinona, glutationa transferase e a gluronosil  transferase.

7. Proporciona benefícios digestivos

A couve-flor é rica em fibras e em teor de água, por isso ajuda a prevenir a constipação, a manter um sistema digestivo saudável e assim diminuir o risco de câncer de cólon. Além disso, o sulforafano ajuda a proteger o revestimento do estômago e impede o crescimento excessivo de bactérias Helicobacter pylori, que causam distúrbios estomacais.

8. Tem antioxidantes e fitonutrientes

Comer couve-flor irá te garantir a ingestão de muitos antioxidantes e fitonutrientes. Vitamina C, beta-caroteno, kaempferol, a quercetina, rutina, ácido cinâmico, e muito mais.

Se você consumir esses micronutrientes, seu corpo será capaz de resistir ao envelhecimento causado peala exposição a poluentes, ao estresse crônico e muito mais. Não ter uma dieta rica nesses nutrientes que combatem os radicais livres pode resultar em danos, como lesões de órgãos

9. Deixa os ossos fortes

O alimento é rico em vitamina K. Estudos associam a baixa ingestão de vitamina K com um maior risco de fratura de osso e osteoporose. Um consumo adequado da vitamina melhora a saúde de seus osso pois melhora a absorção de cálcio e reduz a excreção urinária de cálcio.

10. Favorece o emagrecimento

Assim como outros alimentos riscos em fibras, a couve-flor proporciona a sensação de saciedade. Assim ela evita beliscadas fora de hora e é aliada no emagrecimento. Além disso, o alimento tem baixíssima quantidade de calorias; em 100 gramas de couve-flor cozida existem apenas 25 calorias.

Fonte: Just Naturally Healthy e MNT

Chá de Malva

 

Família: Malváceas

Outros nomes: Malva-grande, malva verde, malva de botica.

Uso Medicinal: As folhas e flores da malva são béquicas, calmantes, emolientes.

As raízes também são emolientes.

A malva é um excelente remédio para curar os catarros de qualquer espécie.

Em gargarejos ou inalações, dá bom resultado nas enfermidades da garganta e ouvido.

Em fomentações, a infusão das folhas e flores é indicada contra as inflamações externas.

A malva substitui a altéia em todas as suas aplicações.

Parte usada: F;olhas, flores e raízes.

Dose: Folhas e raízes, normal. Flores 10 gramas para 1 litro de agua; 4 a 5 xícaras por dia. Para uso externo, adota-se dose dobrada. Em compressas aplica-se a infusão desta planta sobre abcessos, furúnculos, etc.

 

Conheça os benefícios do Chá da Folha de Pitanga

As folhas da pitangueira têm uma substância chamada pitanguina, que é muito utilizada em tratamentos caseiros. Além de ser ótima para quem tem diabetes, é calmante, diurética e ajuda a melhorar a febre, as doenças de estômago, a hipertensão, a obesidade, o reumatismo, a bronquite e doenças do coração.

A pitanga é rica em vitamina a e tem o dobro do licopeno, uma substância que combate o envelhecimento precoce e até o câncer.

Para fazer o chá de pitanga, ponha 3 colheres da folha da pitangueira em um litro de água. Quando a água estiver fervendo, desligue e deixe o chá abafado por cerca de 10 minutos. Depois, coe e beba em seguida.

 

Chá das folhas da Batata Doce

batata-doce-folha

Uso medicinal: Elas vêm recheadas de poderosos antioxidantes, além da vitamina C, o que a torna uma excelente aliada na luta contra os radicais livres e, consequentemente, na prevenção de doenças e  envelhecimento precoce.

As folhas da batata doce são um ótimo remédio para gripes e resfriados, porque fortalecem o sistema imunológico e, ajudam a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, sendo, portanto, de grande ajuda para as pessoas que têm diabetes.

Pesquisas revelam que entre outros benefícios,  as folhas da batata doce podem ajudar com problemas de saúde, tais como anemia, pressão alta, queda de cabelo, arranhões e picadas de insetos.

Além de se beneficiar de todas essas propriedades descritas acima, ao tomar o chá das folhas de batata doce, você poderá encontrar alívio para dores de estômago, náusea, diarreia e estresse do sistema gastro intestinal.

O chá das folhas da batata doce também é um ótimo remédio para ansiedade e estresse. Esse chá é tudo de bom!

Parte Utilizada: Folhas, por infusão.

Dose: Normal.

 

Chá de Caferana

Chá de Caferana

Família: Gencianáceas

Outros nomes: Jacaré-aru, jacaruaru, quássia do pará.

Uso medicinal: É uma planta empregada no norte do País para combater as febres, inclusive as intermitentes.

Parte usada: Toda a planta.

Dose: Normal

Chá de Borragem

borragem

Família: Borragináces

Uso medicinal: Emprega-se contra as inflamações dos rins e da bexiga, mas o seu uso principal é contra o reumatismo e a debilidade do coração.

Usa-se também como remédio contra resfriados.

Devido ao seu efeito sudorífico, essa planta também é empregada no sarampo e mesmo na escartina. Toma-se quente.

As folhas frescas, machucadas, aplicadas sobre os abcessos, inflamações, tumores, favorecem o processo de curo; aplicadas sobre queimaduras, acalmam a dor.

As cataplasmas de folhas de borragem, fervidas dão excelente resultado nos ataques de gota, acalmando ou fazendo desaparecer a dor em pouco tempo.

Na debilidade geral, um bom remédio é a borragem machucada, que se consome misturada ao mel.

As folhas tenras, frescas, misturadas com outras ervas, em saladas ou preparadas em ensopados, são um bom remédio para o fígado.

As sementes secas, moídas, misturadas na comida, ou tomadas com algum líquido, aumentam a secreção de leite em lactantes.

Parte usada: Folhas e sementes.

Dose: Normal.