Uso de caldos prontos nas refeições pode causar gastrite e outros problemas

O uso de caldos prontos, encontrados em pequenos sachês ou tabletes nos supermercados, é comum na mesa dos brasileiros. Muitas pessoas acreditam que o produto é inofensivo para a saúde e indispensável na hora de preparar arroz, feijão, carnes, tortas e sopas. Mas será mesmo que vale a pena?

Caldos industrializados

Faz mal para a saúde consumir caldo pronto?

Em excesso, sim. É claro que, vez ou outra, consumir alimentos que contenham esse tipo de produto não vai causar um grande estrago. “Porém, muitos brasileiros ainda mantêm o hábito de adicioná-lo todos os dias no preparo da comida”, afirma Marcela Rossini Montenegro, nutricionista da Estima Nutrição.

“Além do excesso de sal e de sódio, esses produtos têm muita gordura, açúcar, aromatizantes e conservantes artificiais, como o glutamato monosódico.” Assim, uma das consequências é o ganho de peso.

Pelo potencial inflamatório das substâncias dos caldos prontos no organismo, há também o comprometimento do sistema imunológico. “Dessa forma, a chance de outras doenças aparecerem é maior”, conclui a nutricionista.

O caldo pronto, assim como outros alimentos industrializados, pode ser irritativo da mucosa estomacal e, assim, favorecer crises de gastrite.

Problemas de palatabilidade também podem surgir no decorrer dos anos, por conta dos tóxicos nas papilas gustativas. E, se o indivíduo ainda mantém outros hábitos nocivos, como sedentarismo e tabagismo, o quadro é mais crítico.

Pesquisa mostra que chá de folhas de goiaba e pitanga reduz em 45% o tempo de cicatrização

Uma pesquisa realizada em Valinhos (SP) apontou que o uso do chá de folhas de goiaba e pitanga reduz em 45% o tempo de cicatrização de feridas. O produto fitoterápico é aplicado há um ano em pacientes atentidos pelo Serviço Especializado em Lesões Vasculares (Selven), do Sistema Único de Saúde (SUS), o período de tratamento caiu de 90 para 50 dias, em média.

A farmacêutica e pesquisadora Nilsa Sumie Yamashita Wadt iniciou os estudos com as folhas há dez anos e, desde 2016, realiza a pesquisa com pacientes na rede pública de saúde de Valinhos.

“São dois compostos principais nas folhas dessas plantas [goiaba e pitanga]. Os taninos, que servem como cicatrizantes e têm uma ação microbiana muito efetiva, e os flavonoides, que são anti-inflamatórios naturais”, explicou Nilsa.

Professora da Universidade Paulista (Unip), Nilsa destaca que a proposta é que os pacientes façam uso do chá em casa, em comunhão com o tratamento convencional.

De acordo com a pesquisadora, o chá deve ser feito com 10 folhas para cada litro de água. “Ferve durante dois minutos, desliga e deixa o chá esfriar. Daí o paciente faz o banho, direto ou sobre uma gaze, durante 30 minutos.”

“Os pacientes têm tido uma boa aceitação, pois estão vendo que as feridas estão fechando com uma certa rapidez”, explicou a enfermeira Fernanda Cavalini.

G1

7 informações que os amantes de café devem saber

Dizem que o compositor Beethoven, um dos maiores gênios da história da música, preparava café com 60 grãos todos os dias, e que o pensador Voltaire bebia diariamente 50 xícaras e viveu até os 83 anos. Com base nesses dados, será que o vício do café não é tão horrível quanto dizem alguns estudos?

Confira 7 benefícios no consumo do café:

Aumenta a atividade cerebral

Não é segredo que o café aumenta a atenção, melhora a concentração e acelera as reações. Mas apenas o café com açúcar é capaz de transformá-lo em um pequeno gênio por um tempo, porque a combinação de cafeína e glicose ativa as áreas desejadas do cérebro. Ok, se você quer evitar o açúcar, pode comer uma fruta ou um pedacinho de chocolate amargo junto. De qualquer forma, evite tomar café com o estômago vazio: nesse caso, a bebida acaba tendo um efeito totalmente oposto.

Aumenta a pressão sanguínea

Uma xícara de café ajuda na luta contra a pressão baixa. No entanto, não é recomendado para pessoas que sentem taquicardia depois de beber uma xícara. Para os hipertensos, o hábito de beber café não os prejudica, porque o organismo, ao longo do tempo, se adapta à bebida e deixa de reagir aumentando a pressão.

Fortalece a imunidade

Cientistas de vários países descobriram que beber café reduz o risco de morte prematura: quanto mais copos por dia você beber, menor o risco. O ideal são três xícaras. Isso ocorre porque o café muda o funcionamento do sistema imunológico, tornando-o mais ativo e saudável. Também fortalece o fígado, o coração e o trato gastrointestinal. Mas tente beber o café recém moído. O café solúvel tem menor quantidade de nutrientes saudáveis ​​e os aditivos químicos têm um efeito negativo no trato gastrointestinal.

Alivia a dor de cabeça

A cafeína contida no café natural é capaz de combater a dor de cabeça e a enxaqueca. Mas não pode substituir analgésicos.

Antistresse e antidepressivo

Você pode se livrar do estresse graças à produção de dopamina e serotonina, que provocam o estado de bom humor. Apenas uma xícara de café ou mesmo nada mais do que seu aroma irá ajudá-lo em uma situação estressante. E a cafeína é um dos estimulantes mais comuns do sistema nervoso central. É isso que não nos deixa cair em uma depressão. No entanto, esse efeito da cafeína só funciona com o café:a cafeína presente no chá, refrigerante ou chocolate não é capaz de estimular o sistema nervoso com a mesma intensidade.

Melhora a memória

Os mesmos estimuladores e neurotransmissores com os quais o café aumenta nosso humor e eficiência também melhoram nossa memória. Claro que isso não se aplica à memória de longo prazo. Mas essa já é uma boa notícia, porque inicialmente todas as informações são armazenadas diretamente na memória de curto prazo e apenas uma hora depois, nas circunstâncias perfeitas, nosso conhecimento “é gravado” na memória de longo prazo.

Faz perder peso

Seus sonhos se tornaram realidade, porque o café realmente pode ajudá-lo a manter e a reduzir de peso. O baixo nível de hormônio leptina no corpo faz com que armazene gordura, enquanto que a cafeína faz com que o nível desse hormônio aumente no corpo. Pelo mesmo motivo, os amantes do café não ganham peso tão rapidamente e o exercício para eles é mais eficiente.

Foi picado e não sabe por qual inseto? Veja as picadas mais comuns

Em muitas ocasiões, confundimos as picadas de outros insetos com os dos mosquitos e não lhes damos importância, no entanto, é muito importante saber  o que te picou saber como tratar cada picada.
Apresentamos as 8 picadas mais comuns que devemos conhecer para tratá-las corretamente:
1. Picadas de mosquitos
Essas picadas têm uma aparência de bolhas vermelhas. São subcutâneas e sua coceira é localizada. Essas picadas não requerem maior atenção, então, recomendamos que você espalhe creme sobre ele e faça uma massagem para evitar a coceira. Se a picada ocasionar efeitos colaterais como dor nas articulações, febre, glândulas inchadas, você deve consultar um médico. Pois isso pode significar que o mosquito estava infectado.
2. Picadas de pulgas:
As picadas de pulgas geralmente ocorrem em grupos de três ou quatro e são caracterizadas por pequenas saliências vermelhas na pele, que geram uma coceira intensa.
As indicações a seguir são as seguintes: Lave a picada com água e sabão. Em seguida, aplique um pouco de creme ou pomada de calamina para reduzir a coceira. Evite coçar porque isso poderia ocasionar uma infecção no local.
3. Picadas de percevejos
Os percevejos são muitas vezes um inseto muito traiçoeiro em termos de picadas; Pois cada pessoa reage de maneira diferente a elas. Algumas pessoas podem nem sequer notar a presença de percevejos, enquanto outros podem ser alérgicos e sofrer grandes erupções cutâneas intensas ou inclusive dor.
Se você é alérgico a percevejos, é bom ter cuidado, pois além de lesões cutâneas, pode ocorrer a formação de bolhas, inchaço, coceira e inflamações na pele;
Para lidar com percevejos, recomendamos cuidar da sua higiene, já que elas odeiam. Lave frequentemente a zona infectada com água e sabão. Mas se a coceira e os caroços permanecerem, você pode tomar algum anti-inflamatório ou anti-histamínico.
4. Picadas de aranha
A maioria das picadas de aranha é inofensiva; com exceção daqueles da viúva negra ou da aranhas-marrom.
A forma de uma picada de aranha é de dois pontos mais conhecidos como Equimose. Estes pontos são a área onde a aranha mordeu.
Caso você seja mordido por uma aranha, recomendamos lavar a área afetada com água e sabão. Em seguida, aplique um pouco de gelo sobre a área.
5. Picadas de carrapato:
Carrapatos são parasitas que vivem principalmente em cães e em outros animais. Sua picada é tão perigosa nas pessoas que podem ocasionar a transmissão de uma série de doenças graves. As mais comuns são a febre hemorrágica da Crimeia-Congo e a doença de Lyme.
Se você sofreu uma mordida de um carrapato, você deve removê-lo imediatamente usando pinças. Segure-o firmemente e puxe suavemente para removê-lo da pele. Evite usar remédios tradicionais. Depois de extraí-lo, lave bem a área afetada com água e sabão. Lembre-se de que os carrapatos transmitem o vírus às pessoas após 48 horas, por isso é recomendado agir imediatamente.
6. Mordida de formigas:
As mordidas de formigas vermelhas ocorrem através da injeção de veneno na pele das pessoas. Isso faz com que nossa pele se irrite e inflame, além de causar coceira. Para evitar esses sintomas, recomendamos a aplicação de um creme cortisona na área afetada. É provável que as mordidas produzam bolhas; evite coça-las para não infectar ainda mais a área.
7. Picadas de escorpião:
Com esses tipos de mordidas, três fatores importantes devem ser levados em consideração para conhecer seu nível de gravidade:
1. Tipo de escorpião, 2. Idade da pessoa (é mais perigoso em crianças) e 3. Quantidade de veneno no corpo.
Indicações para tratar estas mordidas são as seguintes: Retire raspando com uma navalha o ferrão do animal no corpo da pessoa. Evite usar pinças para removê-lo, porque se pressionado demais, o saco de veneno poderia explodir e o nível de veneno dentro do corpo aumentaria.
Uma vez retirado o ferrão, lave bem a área afetada com água e sabão. Em seguida, aplique gelo sobre a área por 10 minutos. Deixe repousar e volte a colocar o gelo.
 8. Picadas de vespas ou abelhas:
Essas picadas costumam ser muito dolorosas porque o ferrão do animal fica preso em nossa pele. O que geralmente é perigoso nesses tipos de picadas é o fato de que as maiorias das pessoas são alérgicas ao seu veneno. Caso você seja alérgico, deverá ir ao médico imediatamente.
O que você deve fazer com uma picada desse tipo é verificar se o ferrão ficou dentro da pele. Se for esse o caso, extraia com uma pinça. Você também pode espalhar vinagre branco na área ou lama para reduzir o inchaço.
Compartilhe com seus amigos e familiares essa informação, para que eles possam saber como agir contra as picadas desses insetos!
Fonte: Lavozdelmuro/ Etapainfantil

Confira os sinais de que você tem muito açúcar no sangue

ocê tem sentindo fome a todo momento? Esse pode ser um dos sintomas de quem tem muito açúcar no sangue.

Você sabia que qualquer pessoa pode sofrer com os sintomas provocados pelo açúcar?

Refrigerante, bombons, bolos e biscoitos recheados, por exemplo, devem ser evitados por todos. Ou seja, dependendo do que se come, todos em algum momento podem ter açúcar elevado no sangue.

O grande e verdadeiro problema, porém, é quando os níveis de açúcar no sangue permanecem elevados por um longo período de tempo, pois isso pode causar problemas de saúde mais graves.

Veja o que mais pode causar a elevação do açúcar no sangue:

– Uso de medicamentos químicos

– Estresse

– Falta de exercícios físicos

Ter o nível de açúcar elevado não significa que você tem diabetes – isto é apenas um sintoma dela. Veja outros sintomas que indicam a elevação do açúcar no sangue são:

Boca seca

Sentir sede

Vontade de fazer xixi frequentemente

Fome constante

Cansaço extremo

Pele seca

Ganho de peso e excesso de gordura abdominal

Dificuldade de concentração

Visão embaçada

Infecções recorrentes

Problemas de estômago

Problemas de nervos

Cicatrização lenta de feridas e cortes

Impotência sexual

Para diminuir este sintomas, a recomendação é aumentar o consumo de alimentos de baixo índice glicêmico. Os alimentos com baixo IG são digeridos e absorvidos lentamente. Eles produzem aumento gradual do açúcar no sangue.

Os alimentos de baixo IG são muito benéficos para a saúde, pois reduzem os níveis de açúcar e a resistência à insulina, e as dietas de baixo IG também têm benefícios para o controle de peso, porque elas ajudam a controlar o apetite e atrasar a fome.

Aqui está uma relação com alimentos de baixo IG – coma-os com frequência e sentirá a diferença:

maçã

pera

melancia

melão

kiwi

limão

laranja

cenoura

iogurte natural

kefir

brócolis

quinua

grão-de-bico

brotos

batata-doce

cebola

feijão-branco

lentilha

nozes

castanha-do-pará

farinhas funcionais (coco, banana verde, berinjela, maracujá, linhaça)

Após inserir esses alimentos na sua dieta você se sentirá muito bem!

Fonte: curapelanatureza